A Bot oferece, além do ORÇAMENTO GRATUITO, a RECOLHA GRATUITA do dispositivo por frete expresso em qualquer morada de Portugal! Solicite AQUI

Bot Recuperação de Dados de Disco Externo

Multinacional Líder em Recuperação de Disco Externo
iniciar recuperação
Disco Ex.
Nossa especialidade é a recuperação de disco externo de qualquer marca, modelo ou sistema de ficheiros. Os dados perdidos podem ser rapidamente recuperados, independentemente de o disco externo ter caído, ter avariado, ter corrompido ou ter ficheiros apagados.

Recuperação de dados em disco externo

Muita gente utiliza um disco externo para transportar ficheiros, ter mais capacidade de armazenamento ou fazer o ‘backup’ de dados importantes. Porém, esse dispositivo pode sofrer algum dano e perder o que estava armazenado nele… E quem já passou por isso sabe que pode ser uma grande dor de cabeça!

Quando isso acontece, a recuperação de dados em disco externo precisa ser acionada. Esse processo pode ser capaz de recuperar todos os dados do disco na sua integridade. Mas também pode acontecer de alguns dados se perderem ou até o disco se tornar inutilizável, especialmente quando os procedimentos são feitos de forma amadora.

Se você está a passar por isso agora ou quer entender melhor como funciona, vamos explicar tudo sobre recuperação de dados em disco externo. A Bot é especialista no assunto e vai ajudar-lhe a entender tudo!

O que é recuperação de dados em disco externo?

Recuperação de dados em disco externo é o processo de resgatar os ficheiros e documentos que estavam armazenados num disco rígido portátil, chamado de disco externo.

Esse processo é adotado quando o disco externo sofre algum dano, que pode ser causado por um impacto brusco ou uma pane eletrónica, por exemplo. Nesses casos, uma parte ou a totalidade dos dados podem se perder.

Sejam eles dados pessoais ou empresariais, a perda de dados pode trazer grandes prejuízos. Imagine que muitas pessoas utilizam um disco externo para armazenar ficheiros como ‘backup’ ou extensão de armazenamento.

Lá estão fotos de aniversários, viagens e trabalhos da faculdade, por exemplo, ou ainda dados de clientes, planilhas e apresentações. Perder essas informações pode ser bastante doloroso e ainda trazer perdas financeiras para as empresas.

Quando isso acontece, é preciso acionar a recuperação de dados do disco externo — e, para este serviço, será necessário contratar uma empresa especializada como a Bot. É muito importante confiar os seus dados a empresas com profissionais capacitados, equipamentos adequados e experiência na área.

O que é e como funciona um disco externo?

O disco externo é um dispositivo de armazenamento de dados, que funciona como os discos que ficam em computadores e portáteis.

HD (Hard Disk) ou disco rígido, em português. Esse nome faz referência à composição do disco, que é formado por um ou mais discos firmes, lisos e uniformes, geralmente feitos de alumínio, que realizam rotações em altíssima velocidade.

É nos discos que os dados ficam armazenados. Assim como nos discos internos, existe uma cabeça de leitura, sustentada por um braço móvel, que lê os ficheiros armazenados no disco, enquanto ele rotaciona, e leva as informações até o dispositivo.

Há também uma placa eletrónica que controla todo esse processo e aciona o sistema eletromagnético que movimenta o disco. É isso que permite ao utilizador acessar os ficheiros que estão num disco.

O disco externo geralmente é colocado em um case que o protege de impactos e sujeiras. Você pode comprá-lo assim, nos mais diversos modelos e marcas. Os preços variam conforme capacidade, velocidade, conexão e robustez do dispositivo.

Mas também é possível, com ajuda profissional, retirar um disco interno e colocá-lo em um case para usar como disco externo. Isso pode acontecer, por exemplo, ao substituir um disco interno por um SSD, que geralmente traz mais velocidade para o dispositivo.

Os discos externos podem ser classificados como portáteis ou de mesa. Os portáteis são menores e não precisam ser ligados na tomada. Já os de mesa são maiores, vêm acompanhados de fonte de alimentação, são mais pesados e podem chegar a 14 TB de armazenamento.

O disco externo é um dispositivo de armazenamento de dados, que funciona como os discos rígidos que ficam dentro de computadores e portáteis.

Diferença entre disco externo, disco interno, Pen-USB e Cartão de memória

A grande diferença é que o disco externo é conectado ao dispositivo por uma porta de conexão, enquanto o disco interno é diretamente conectado à placa-mãe.

A maioria dos discos externos atuais têm conexões USB 3.0, que garantem uma boa velocidade de transferência de dados. Mas eles também podem ter conexões USB 3.1, SATA ou Thunderbolt, que garantem velocidades ainda mais rápidas. Alguns discos de mesa têm ainda sinal Wi-Fi, que permite enviar e receber dados sem fios.

Essa característica do disco externo garante a sua portabilidade. É possível guardar grandes quantidades de dados num dispositivo independente e fácil de transportar.

Mas talvez você se pergunte, então, qual é a diferença entre discos externos, pen-USB e cartões de memória. Afinal, todos são dispositivos portáteis de armazenamento.

Pen-USB e cartões de memória utilizam memória flash, que difere do sistema de discos do disco. Essa memória geralmente tem menor velocidade de leitura e gravação de dados, além de menor capacidade de armazenamento que os discos.

Para que serve um disco externo?

O disco externo pode ser utilizado por diferentes motivos, tanto para dados pessoais quanto empresariais. Estas são as principais finalidades:

  • Transportar ficheiros num dispositivo pequeno e seguro;
  • Aumentar a capacidade de armazenamento do computador ou portátil;
  • Fazer ‘backup’ de ficheiros importantes fora do computador principal.

Uma pessoa pode utilizar um disco externo para guardar os seus filmes e músicas, por exemplo, sem ocupar a memória do seu PC ou portátil. Nas empresas, o disco externo pode servir a profissionais que se deslocam muito e precisam acessar os seus ficheiros em qualquer lugar.

Como acontece a perda de dados de disco externo?

O disco externo é um dispositivo poderoso para o armazenamento de dados e pode ajudar qualquer pessoa que precisa de portabilidade. Porém, essa característica é justamente uma das principais causas de perda de dados em discos externos.

Ao deixar o disco externo cair ao chão, por exemplo, a cabeça de leitura pode ser danificada e impedir o acesso aos dados que ali estavam armazenados.

Afinal, a portabilidade sujeita o dispositivo a movimentações bruscas e quedas. Como o funcionamento do disco é essencialmente mecânico, qualquer impacto pode danificar os seus componentes internos. Ao deixar o disco cair no chão, por exemplo, a cabeça de leitura pode ser danificada e impedir o acesso aos dados que ali estavam armazenados.

Outros acidentes também podem ocorrer, como derramar algum líquido no dispositivo. Isso pode danificar ou até queimar a placa eletrónica, que gera a perda dos dados.

A placa eletrónica também pode ser vítima do mau uso do dispositivo. Remover um dispositivo USB repentinamente pode apagar ou corromper ficheiros, principalmente se eles estiverem em uso no computador.

A perda de dados em disco externo também pode acontecer devido ao simples ato de apagar os ficheiros. Você pode se arrepender de ter apagado um arquivo, formatar o disco acidentalmente ou ter um acesso indevido ao disco. Se não tiver ‘backup’ dos dados, eles são perdidos.

Outro problema comum são os ataques de vírus e ‘malware’, quando o disco externo é conectado a dispositivos infetados. Eles podem corromper ficheiros, deixar o sistema lento e até criptografar todos os dados do disco.

Quanto custa recuperar dados de disco externo?

O preço de uma recuperação de disco externo é definido de acordo com a complexidade do problema. Mas o preço não depende da quantidade de dados a recuperar ou da capacidade do dispositivo.

Para apresentar um orçamento, é necessário fazer uma análise completa. Nessa análise, é necessário avaliar toda a estrutura eletrónica e mecânica do disco externo, verificar as possibilidades de recuperação dos dados do disco externo, os detalhes da execução do serviço e só depois apresentar o diagnóstico e orçamento.

Os preços de um serviço profissional de recuperação de dados variam muito, mas para ajudar a ter uma melhor ideia dos custos, podemos dizer que os serviços de recuperação de disco externo começam a partir de 100 €.

Não hesite em fazer um orçamento para avaliar o custo-benefício do serviço. Na Bot, oferecemos recolha e orçamento gratuitos de qualquer morada de Portugal. Se você quer saber quanto custaria a recuperação do seu disco externo, preencha agora o formulário de orçamento com a Bot.

6 dicas de como prevenir perda de dados de disco externo

Melhor que recorrer à recuperação de dados em disco externo é prevenir a perda de ficheiros. Muitas vezes, é possível recuperar todos os dados na sua integridade, mas há casos irrecuperáveis. E você não quer que isso aconteça com os seus ficheiros, não é?

Então, vamos deixar aqui algumas dicas para prevenir a perda de dados do disco externo. Confira:

1. Fazer ‘backup’ dos ficheiros em outros locais

Fazer ‘backup’ de ficheiros é a principal dica para não perder dados importantes. Pode ser que o disco externo fique inutilizável, mas, pelo menos, você tem os dados guardados.

Porém, muita gente usa justamente os discos externos para isso. E, quando perdem dados do disco, perdem tudo…

Por isso, é importante manter ‘backup’ dos ficheiros que estão no disco externo em outros locais. Você pode manter cópias dos ficheiros em outro disco externo ou utilizar serviços de armazenamento na nuvem. No segundo caso, que é o ideal, os dados estão protegidos de danos físicos, já que ficam armazenados em servidores remotos.

2. Tenha cuidado ao movimentar o disco externo

Como vimos, um dos principais motivos de perda de dados em disco externo são os danos mecânicos. Muitas vezes eles acontecem em acidentes domésticos, ao transportar o disco de um lado para outro. Qualquer impacto pode danificar os componentes do disco externo.

Por isso, tenha atenção ao movimentar o disco externo. Em situações de mudança de residência ou escritório, por exemplo, certifique-se de envolver o dispositivo em algum material macio que o proteja. Além disso, quando conectar ao portátil ou computador, cuide para que o dispositivo fique bem apoiado sobre a mesa, sem atritos ou risco de cair no chão.

3. Guarde o disco externo em local seguro

Procure guardar o disco externo em algum lugar seguro. Se você largar o dispositivo em qualquer canto da casa ou escritório, ele pode se perder facilmente, cair no chão ou correr outros riscos.

Você pode usar a gaveta ou o armário do escritório, por exemplo, mas é interessante escolher locais em que as pessoas não mexam a todo o momento. Quem tem maior cuidado pode também armazenar o disco externo num invólucro macio que garanta maior proteção.

4. Desconecte o disco externo com segurança

Muita gente não dá importância para isso, mas remover dispositivos do computador com segurança é essencial.

Enquanto um disco externo ou pen-USB está conectado ao computador, o sistema entende que os dados estão acessíveis a qualquer momento. Eles não podem desaparecer subitamente, pois podem estar em meio ao processo de leitura ou gravação no disco.

Então, ao remover um disco externo de repente, você pode queimar a placa eletrónica, corromper ficheiros e perder dados.

Portanto, sempre que desconectar o disco externo do computador ou portátil, certifique-se de clicar no ícone da bandeja do sistema de “Remover hardware com segurança”. Isso garante que o dispositivo encerre as atividades para que possa remover o cabo USB.

5. Proteja o disco externo com uma palavra passe

O acesso indevido ao disco externo também pode ser motivo de perda de dados. Isso pode acontecer por alguma atitude maliciosa, mas também por acidente — quando seu filho resolve mexer no dispositivo, por exemplo.

Então, você pode aplicar uma palavra passe para limitar o acesso ao disco externo. Em alguns dispositivos, o Windows oferece a criptografia BitLocker (não disponível no Windows 10 Home), que pode ser ativada no disco externo. Também é possível baixar programas para isso.

6. Proteja o disco externo contra vírus e ‘malware’

Vírus e ‘malwares’ podem atacar o seu disco externo se ele for conectado a um computador ou portátil infetado.

Então, conecte o seu disco portátil apenas em dispositivos confiáveis. No seu próprio computador, você pode instalar antivírus e rodar o programa nas diretórios do disco externo, quando ele estiver conectado.

Como recuperar dados em disco externo?

A recuperação de dados em disco externo exige cuidado. Muitas pessoas recorrem a ‘softwares’ de recuperação de dados, gratuitos ou pagos, que estão disponíveis para transferência na internet.

Eles podem ajudar em casos mais simples, mas existem situações mais graves que exigem maior atenção. Além disso, esses programas são complexos e exigem experiência — se forem usados de forma amadora, podem acabar com as hipóteses de recuperação.

A seguir, vamos mostrar como recuperar os ficheiros do disco externo nas principais situações de perda de dados:

Recuperar ficheiros apagados de disco externo

É muito comum apagar ficheiros de um disco externo sem querer ou se arrepender depois de apagar.

De maneira geral, os discos externos têm uma lixeira que você pode acessar para restaurar os ficheiros. Porém, muita gente não sabe disso, porque o diretório da Lixeira costuma ficar oculta. Então, basta liberar o acesso a diretórios ocultas no painel de controlo do sistema.

Se você apagar os ficheiros diretamente da Lixeira do disco externo (ou se, por acaso, não encontrar na Lixeira), é importante desligar o dispositivo. Para garantir maior segurança e hipóteses de recuperação, não salve novos ficheiros no disco externo, que podem sobrescrever os dados apagados e inviabilizar a recuperação.

Recuperação de disco externo formatado

A formatação do disco externo também apaga os ficheiros permanentemente, na intenção de limpar o disco ou reparar ataques de vírus, por exemplo. A diferença é que formatar um disco apaga todos os ficheiros em simultâneo, enquanto a exclusão depende da seleção dos ficheiros pelo utilizador.

Geralmente é necessário abrir o disco externo e substituir os componentes danificados. Isso deve ser feito em um laboratório com uma Sala Limpa (Clean Room).

Porém, da mesma forma, há grandes hipóteses de recuperação dos dadose somente uma empresa especializada (como a Bot) pode oferecer mais segurança e possibilidade de recuperação de todos os dados.

Recuperação de disco externo danificado

Um disco externo pode ser danificado devido a quedas, sujeiras, excesso de calor ou ação do tempo, por exemplo. Nesses casos, o disco sofre danos físicos, que afetam o disco, componentes e todo o funcionamento do dispositivo.

Esses danos são mais graves que apagar ficheiros ou formatar o disco. Geralmente é necessário abrir o disco e substituir os componentes danificados. Isso deve ser feito num laboratório com uma Sala Limpa (Clean Room) que impeça a entrada de qualquer sujeira, além de equipamentos e profissionais especializados que garantam a segurança do procedimento.

Portanto, não faça isso em casa. Conte com a Bot para recuperar os ficheiros de discos externos danificados.

Recuperação de disco externo corrompido

Um disco externo pode ter ficheiros corrompidos devido a mau uso do dispositivo (desconectar repentinamente) ou falhas em processos anteriores de recuperação de dados, por exemplo.

Essas situações podem queimar a placa controladora e danificar componentes eletrónicos, o que impede o funcionamento do disco externo.

A solução para placa queimada é substituí-la por uma placa idêntica e regravar a firmware para que seja possível acessar novamente os ficheiros armazenados no disco. Porém, não é um processo simples. Mais uma vez, é preciso fazer esse procedimento num laboratório, com todo o cuidado e os equipamentos adequados. Então, procure ajuda profissional, ok?

Recuperação de dados de discos externos em apenas 4 etapas:

1

Recolha gratuita na sua morada ou entrega na receção

2

Orçamento gratuito (48h), prioridade (24h) ou urgência (12h)

3

Recuperação dos dados normal ou em urgência

4

Entrega gratuita dos dados recuperados

Simples

Porquê escolher-nos?

Recuperação de dados

Prazos dinâmicos

Orçamentos em três modalidades: normal (48h), prioridade (24h) ou urgência (12h). Recuperação com equipa de urgência 24/7/365.
Recuperação de dados envio gratuito

recolha gratuita

Recolha gratuita do seu dispositivo por frete expresso, para análise, em qualquer morada de Portugal! Solicite agora!
Orçamento Recuperação de dados

orçamento gratuito

Orçamento e análise gratuitos mesmo em casos de dispositivos abertos ou avaliados por outras empresas.
recuperação de dados portugal

empresa nacional

Serviços realizados em Portugal e em laboratórios próprios. Não enviamos dispositivos para parceiros ou para o estrangeiro.
recuperação de dados segura

privacidade e segurança

Adequação à RGPD e serviços que seguem os parâmetros de qualidade, privacidade e segurança estabelecidos em todo o mundo.
recuperação de dados 5 estrelas

excelente reputação

99% dos clientes satisfeitos com o resultado. 4.9 em 5 é a média das avaliações recebidas de clientes Bot nas redes sociais.
11

Recuperando dados em casos complexos há mais de 11 anos

Casos resolvidos

%

Clientes satisfeitos com o resultado

%

Sucesso nos casos recebidos

Clientes Bot recuperação de dados

Sala Limpa Bot

A Bot trabalha com o conceito máximo de sala limpa (clean room). Aqui, o seu dispositivo é examinado num ambiente fechado, com controle rigoroso de partículas certificado pela norma US Federal Standards 209.
Sala Limpa Bot recuperação de Dados

Recupere dados connosco!

A Bot pode ajudar a recuperar os dados de qualquer um dos seus dispositivos. Desde as maiores empresas ou até mesmo um utilizador caseiro que possa ter perdido os seus dados. Confie nos nossos especialistas.

Confie