A Bot oferece, além do ORÇAMENTO GRATUITO, a RECOLHA GRATUITA do dispositivo por frete expresso em qualquer morada de Portugal! Solicite AQUI

O HD é uma peça muito importante para o funcionamento geral do sistema operacional, registrando dados importantes para os usuários – porém, infelizmente, ele possui um prazo de vida.

O tempo que dura um HD envolve diversos aspectos, como frequência e modo de uso, marca do dispositivo, cuidados diários, entre outros.

A boa notícia é que o disco apresenta sinais de que está se desgastando com o tempo – e alguns softwares podem facilitar para o usuário entender quando esses sinais começam a surgir.

No post de hoje, descubra quais são esses sinais e confira alguns softwares que podem te ajudar a monitorar a saúde do seu HD, para permitir que você tome as medidas necessárias quando ele estiver próximo de alcançar seu tempo máximo de vida.

O HD é uma peça muito importante para o funcionamento geral do sistema operacional, registrando dados importantes para os usuários - porém, infelizmente, ele possui um prazo de vida. O tempo que dura um HD envolve diversos aspectos, como frequência e modo de uso, marca do dispositivo, cuidados diários, entre outros. A boa notícia é que o disco apresenta sinais de que está se desgastando com o tempo - e alguns softwares podem facilitar para o usuário entender quando esses sinais começam a surgir. No post de hoje, descubra quais são esses sinais e confira alguns softwares que podem te ajudar a monitorar a saúde do seu HD, para permitir que você tome as medidas necessárias quando ele estiver próximo de alcançar seu tempo máximo de vida.

Quanto tempo dura um HD?

Assim como qualquer dispositivo eletrônico, o HD também tem um tempo de vida útil.

De modo geral, pesquisas apontam que cerca de 80% dos HDs chegam ao 4º ano de funcionamento. Por outro lado, somente metade consegue alcançar o 6º ano.

Porém, quanto tempo exatamente dura um HD, depende de diversos fatores.

O primeiro destes fatores é o tipo de unidade:

  1. HD: também conhecido como disco rígido, esta unidade possui partes mecânicas (prato magnético, um motor e cabeças de leitura/escrita). O prato magnético e as cabeças de leitura/escrita não podem se tocar – se isso acontecer por qualquer razão (movimentação brusca ou queda de energia), áreas do disco podem ser danificadas, perder performance ou até sofrer falha total. Quando usado em condições normais, sem problemas de temperatura e utilização, o HD pode durar entre 5 e 8 anos
  2. SDD (unidade de estado sólido): com memória flash (não magnética e eletronicamente apagável), esta unidade é mais veloz na troca de dados, mais resistente e dura mais tempo – cerca de 10 anos ou mais.

Os outros fatores que influenciam o tempo que dura um HD são: frequência de uso, marca do equipamento, cuidados diários e tipos de atividades executadas.

Como identificar se meu HD está com problemas?

Conforme se aproxima do fim de sua vida útil, o HD apresenta alguns sinais.

Sabendo identificá-los, você pode se preparar para salvar seus arquivos e documentos em um local seguro e substituir seu HD, impedindo a perda irreversível dos seus dados.

A seguir, confira alguns dos indícios que podem apontar problemas em seu HD:

Lentidão e tela azul

Se seus arquivos estão demorando demais para abrir, isso pode ser um sinal de que seu HD está com problemas.

Assim, caso você perceba que a abertura de arquivos simples está levando mais do que alguns minutos, saiba que isso pode indicar falha no HD.

Fique atento também caso sua lixeira esteja demorando demais para esvaziar: este é outro sinal de problemas no disco rígido.

Por fim, outro indicador de falhas no HD é a tela azul no Windows. Quando ela surge, pode significar que áreas do disco rígido estão corrompidas.

Arquivos não estão abrindo

Caso seus arquivos de música, texto ou até vídeo apresentam problemas recorrentes de abertura, isso pode indicar problemas no seu disco.

Este não é um indicador muito grave, mas ainda assim é importante se precaver e fazer um backup dos seus dados e arquivos quanto antes.

Arquivos corrompidos

Se seus arquivos estão corrompidos, isso também pode indicar danos no disco. Estes problemas podem resultar de falhas no sistema, manuseio incorreto da peça ou desgaste temporal do componente.

Vale destacar que, quando o HD apresenta essa falha, nem sempre um único tipo de arquivo ou itens em uma mesma pasta são corrompidos.

Bad blocks

Ocorrem quando a superfície de um disco rígido sofre qualquer tipo de dano físico, podendo ser ocasionado por diversos motivos.

Os principais motivos são: uso inadequado do dispositivo e condições desfavoráveis de refrigeração.

O resultado destas falhas varia entre a perda de dados sensíveis até o comprometimento do equipamento.

Sons estranhos

Os computadores não devem fazer muito barulho durante seu uso – exceto o som do cooler (um tipo de ventilador que controla a temperatura da máquina). Estes sons podem ser causados por falhas nas cabeças de leitura/escrita.

Nestes casos, o risco do HD parar de funcionar é grande. Portanto, caso perceba sons estranhos em seu computador, salve seus dados em local seguro quanto antes.

Feito isso, a substituição do HD será inevitável, já que a manutenção do HD custa mais do que outro novo.

Disco rígido não é mais reconhecido

Este é o sinal mais preocupante de que seu HD está com problemas e precisa ser analisado urgentemente.

Caso você tenha testado e validado que o problema não é o cabo, a conexão na placa mãe (ou a própria placa mãe), será preciso recorrer a um especialista em recuperação de HD para recuperar seus dados.

Como evitar esses problemas

Com a ajuda de alguns sistemas práticos, você pode analisar seu HD e encontrar indícios de que a vida útil dele está com os dias contados.

Alguns deles são:

CrystalDiskInfo

Este sistema fornece alguns recursos para você analisar seu HD, identificando aspectos que podem apontar problemas sérios.

Obviamente, não existe garantia de que este sistema seja totalmente exato, mas ainda assim pode ser útil.

A vantagem é que o CrystalDiskInfo possui versões que não exigem instalação.

HD Tune

Este software pode tanto analisar discos rígidos, como SSDs – permitindo o acompanhamento do desempenho do disco e a identificação de erros (até de áreas defeituosas), além de limpar totalmente os dados registrados no HD.

Data Lifeguard Diagnostic

Sistema desenvolvido para Windows pela Western Digital, o Data Lifeguard Diagnostic monitora a performance, aponta problemas e fornece soluções, tanto para HD externos, como internos – e de marcas variadas.

HDDScan

Não importa se os problemas estão ocorrendo em discos internos, externos, SSDs ou pendrives, o HDDScan pode ajudar.

Com ele, é possível acompanhar a performance e diagnosticar praticamente todos os dispositivos de armazenamento, fornecendo uma ampla gama de recursos para analisar a saúde do disco.

HDD Health

Nosso último software da lista, o HDD Health, assim como as demais ferramentas citadas, fornece recursos para ajudar a identificar problemas em seu HD (e SSD), oferecendo funcionalidades completas para análise do funcionamento dos discos de armazenamento.

Conclusão

O tempo que dura um HD é, em média, 4 anos – dependendo da forma e frequência com que é usado, além da marca do dispositivo.

Alguns dos sinais que indicam que está na hora de salvar seus dados em local seguro e substituir seu HD são lentidão e tela azul, arquivos que não abrem/estão corrompidos, ocorrência de bad blocks e sons estranhos, além da mensagem de que o disco rígido não é mais reconhecido.

Para monitorar a saúde do seu HD e se preparar para sua substituição, é possível usar alguns softwares, como o CrystalDiskInfo, o HD Tune, o Data Lifeguard Diagnostic, o HDDScan e o HDD Health.

Lembre-se: a melhor forma de manter seus arquivos e dados seguros em caso de dano – ou quando seu HD atinge seu tempo máximo de vida – é fazendo backups regulares.

Além disso, é bom lembrar que o HD, como qualquer outro dispositivo eletrônico, tem um tempo de vida útil – e quando o alcança, precisa ser substituído. Se seu HD teve problemas e você precisa recuperar os dados, fale conosco. Somos especialistas em recuperação de dados em HDs há mais de uma década.