A Bot oferece, além do ORÇAMENTO GRATUITO, a RECOLHA GRATUITA do dispositivo por frete expresso em qualquer morada de Portugal! Solicite AQUI

Recuperação de Dados de RAID

Multinacional Líder em Recuperação de RAID
iniciar recuperação
RAID
Temos uma experiência incomparável em recuperação de dados de servidor RAID. Recuperar dados perdidos de um sistema RAID é muito mais complexo do que de um simples disco rígido.

Recuperação de dados RAID

O RAID é uma alternativa adotada por utilizadores e empresas que desejam mais desempenho ou segurança para o uso dos seus discos ou SSDs. Em ambos os casos, a recuperação de dados RAID se mostra como a solução ideal quando algo inesperado acontece. 

Mesmo que este seja um sistema que, se configurado adequadamente, proporciona maior segurança, ele não está completamente imune a falhas e problemas. Por isso, os dados podem ser corrompidos, o que felizmente pode ser revertido por meio da sua recuperação. 

Continue connosco para aprender resumidamente o que é este sistema e como ele funciona, além de entender sobre a recuperação de RAID feita pela Bot e como ela pode salvar-lhe em casos de dados corrompidos ou excluídos. 

recuperação de HD

O que é RAID?

Originalmente, a sigla significava Redundant Array of Inexpensive Drives (Conjunto Redundante de Discos Baratos). O termo foi inventado em 1987 por David Patterson, Garth A. Gibson e Randy Katz, da Universidade da Califórnia, e apresentado pela primeira vez em 1988, na conferência anual da SIGMOD.

Com o passar do tempo, porém, para não associar o sistema de algo “barato”, o que poderia trazer dúvidas sobre a sua qualidade, a indústria reviu o acrónimo para Redundant Array of Independent Disks (Conjunto Redundante de Discos Independentes).

Com um RAID, o sistema operacional identifica todos os controladores disponíveis como apenas um, ou seja, 4 discos de 2 TB são vistos como um único volume de 8 TB de capacidade quando é utilizada a configuração RAID 0, por exemplo.

O sistema também pode ser usado com SSDs, o que aumenta o seu preço, mas também melhora significativamente o seu desempenho.

Quais são os tipos de RAID?

Os RAIDs podem ser projetados de diferentes formas, e as mais comuns são as seguintes: 

  • RAID 0: os discos funcionam como apenas um e o seu desempenho é multiplicado pelo número de discos do conjunto. Aqui, o intuito é melhorar a desempenho do sistema. 
  • RAID 1: escolhido quando a maior necessidade é a segurança dos dados gravados. Precisa de pelo menos dois discos para funcionar e, em suma, copia os dados de um em outro. Assim, caso um disco falhe, os dados ainda estarão disponíveis no outro. 
  • RAID 5: O RAID 5 grava dados entre todos os discos no volume e um bloco de paridade para cada bloco de dados. O método é muito utilizado em servidores ou storages com pelo menos três discos rígidos instalados e cria uma camada de redundância, sacrificando parte da capacidade de armazenamento do sistema para proporcionar maior segurança aos dados. 
  • RAID 6: evolução do RAID 5, é um RAID de dupla paridade, ou seja, até dois discos podem falhar no mesmo sistema sem que haja perda de dados. A maior segurança na escrita de dupla paridade compromete uma parte do desempenho e oferece menor capacidade em comparação a arranjos de paridade simples. 
  • RAID 0 + 1: alia o desempenho do RAID 0 com a tolerância a falhas do RAID 1. Precisa de pelo menos 4 discos, que funcionam como dois conjuntos de RAID 0. 

Não se pode dizer necessariamente que um sistema é melhor que o outro: tudo depende do que o usuário deseja fazer com o seu RAID, seja para fins pessoais ou comerciais, além do valor que ele quer investir. 

Não se pode dizer necessariamente que um sistema é melhor que o outro: tudo depende do que o utilizador deseja fazer com o seu RAID, seja para fins pessoais ou comerciais, além do valor que ele quer investir.

O que é recuperação de dados RAID?

recuperação de RAID é feita com a mesma finalidade da recuperação de discos, SSDs e outros discos de armazenamento. Vários fatores podem fazer com que um RAID tenha que ser recuperado, como os seguintes:

  • Falhas humanas;
  • Falhas de software ou hardware;
  • Infeção por malware;
  • Problemas mecânicos nos discos;
  • Falta de energia;
  • Bad sectors (sectores defeituosos do disco rígido);
  • Queda abrupta do sistema, entre outros.

Porém, embora os motivos que podem danificar um RAID sejam os mesmos de discos, SSDs e de outros dispositivos de armazenamento, há uma peculiaridade significativa na recuperação.

Quando o RAID está danificado, o seu volume torna-se inacessível e os dados são perdidos. Porém, não é mais possível acessar ou recuperar os dados dos discos do RAID diretamente: é preciso reconstruir a configuração do RAID para conseguir obter os dados perdidos.

Essa complexidade faz com que a recuperação de dados RAID tenha que ser destinada a profissionais. Afinal de contas, qualquer procedimento incorreto pode dificultar ainda mais a recuperação.

É aí que entra a Bot, empresa especializada em recuperação de RAID e com mais de 10 anos de experiência no segmento. Com dezenas de unidades em 2 países (Brasil e Portugal), todos os procedimentos de recuperação necessários são feitos por profissionais altamente qualificados.

Categorias de recuperação de RAID.

Há diferentes categorias de recuperação, que variam de acordo com o que aconteceu com o sistema. Alguns dos principais são os seguintes:

Recuperação de RAID corrompido:

Um RAID é corrompido quando um ou mais discos no sistema falham, ou ficam offline e, então, interrompem a comunicação adequada com o restante dos discos.

Quando um disco do RAID fica corrompido e começa a operar em modo degradado, isso força o resto dos discos no sistema a trabalhar mais intensamente, mas com um nível reduzido de desempenho. Então, às vezes, quando um disco para de funcionar, pode acontecer de os outros também pararem rapidamente.

Como o sistema RAID usa o espelhamento (mirroring) ou distribuição (striping), eles se tornam extremamente vulneráveis à perda de dados quando operam em modo degradado.

Ainda que a situação seja complicada, a recuperação de RAID corrompido é uma alternativa viável e pode fazer com que todo o sistema volte a operar normalmente.

Recuperação de RAID inacessível

Um RAID pode ficar inacessível por uma série de fatores, como os seguintes: 

  • Falha na controladora do RAID: a controladora é um dispositivo físico ou um software localizado entre os dispositivos de armazenamento e o sistema operacional. Se essa controladora estiver danificada por qualquer motivo, como quedas de força ou uma falha no servidor, o RAID pode se tornar inacessível. 

Ainda que a situação seja complicada, a recuperação de RAID corrompido é uma alternativa viável e pode fazer com que todo o sistema volte a operar normalmente. 

  • Falhas de disco: falhas comuns, como danos nos ficheiros do sistema, também podem fazer com que o RAID fique inacessível. Isso pode acontecer graças a vírus, malwares e falhas de energia, entre outros motivos. 
  • Bad sectors: sectores defeituosos costumam aparecer em discos rígidos antigos, ou com problemas mecânicos. Quando um setor é marcado como ruim, todos os dados dentro dele ficam ilegíveis. Então, se ele contém dados do RAID, todo o sistema pode ficar inacessível. 
  • Falha no servidor: o servidor do RAID pode falhar devido a problemas no disco, erros de software, conflitos nos drivers ou outros problemas com a controladora do RAID. Depois de uma falha no servidor, há grandes hipóteses de que o RAID pode ficar corrompido e, então, inacessível. 
  • Falhas múltiplas no disco: a configuração RAID 5 pode suportar até um disco com falhas, enquanto o RAID 6 suporta até dois discos com falhas, casos em que o sistema ainda se mantém em perfeito funcionamento. Caso este número seja excedido por erros nos discos, sobreaquecimento ou outras falhas, o RAID também pode ficar inacessível. 

Recuperar dados RAID inacessível também é uma situação crítica, por isso, deve ser delegada a especialistas, pois qualquer tentativa de conserto sem o devido conhecimento pode resultar em sérios problemas a todo o sistema. 

Recuperação de RAID formatado:

A formatação acidental é um problema relativamente comum e que pode acontecer quando se está gerenciando volumes RAID. Porém, ainda é possível recuperar os dados de um volume de RAID formatado se ele estiver online e continuar a ser reconhecido pelo sistema.

Caso a matriz RAID tenha ficado offline após formatar o volume RAID, a situação fica mais complexa, pois é necessário reconstruir a matriz para, então, conseguir recuperar os dados.

Seja por uma formatação acidental ou mesmo planeada, mas que você gostaria de retroceder, ainda é possível recuperar dados RAID com procedimentos realizados por profissionais, de modo que os seus dados tão valiosos não sejam perdidos definitivamente.

Existe algum programa para recuperar RAID?

Sim. Ao pesquisar na internet, é possível encontrar programas que prometem recuperar dados RAID, alguns dos quais realmente funcionam e são usados por profissionais. Porém, é importante saber como utilizá-los para que a possível solução não se transforme num grande prejuízo.

É possível recuperar os dados de um volume de RAID formatado se ele estiver online e continuar a ser reconhecido pelo sistema. 

Se você não conhece esses programas a fundo, o melhor que pode fazer é não utilizá-los de maneira alguma e, assim que perceber alguma falha ou problema no seu RAID, contactar quanto antes uma empresa especializada como a Bot para fazer a recuperação de RAID.

Com toda a perícia necessária, a Bot sabe qual é a melhor solução para cada caso, de modo a aumentar as hipóteses de recuperar os seus dados.

Quais são os equipamentos usados para recuperar dados de RAID?

Quando é necessário fazer alguma intervenção física nos dispositivos de armazenamento, sejam eles discos ou SSDs, é necessário recorrer a ferramentas e equipamentos bem específicos e minuciosos para tal finalidade, além do fato de o serviço ter que ser realizado num laboratório controlado e preparado.

Isso acontece porque os dispositivos de armazenamento possuem estruturas mecânicas internas muito sensíveis, ou seja, qualquer pequeno movimento pode danificá-los ainda mais.

Além de toda a sua perícia com a recuperação de dados RAID, a Bot trabalha com o conceito máximo de sala limpa: ISO 5, Class 100. Isso significa que o seu dispositivo será examinado num ambiente fechado, com controle rigoroso de partículas certificado pela norma US Federal Standards 209.

Como recuperar ficheiros apagados de RAID?

Depende de cada caso. Pode haver variações de acordo com o tipo do sistema RAID, além da forma de exclusão dos ficheiros (exclusão “simples” ou formatação, seja ela intencional ou não, por exemplo).

A recuperação, portanto, consiste do uso de ferramentas, equipamentos e softwares especializados para tal finalidade, além da perícia do profissional, para proporcionar máximas hipóteses de sucesso.

Mesmo se tratando de um serviço complexo, a Bot tem uma taxa de sucesso em 95% dos casos resolvidos. Portanto, você terá as maiores hipóteses de recuperação de RAID, mesmo que já tenha recebido algum diagnóstico negativo de outras empresas.

Dicas gerais para prevenir a perda de dados de RAID:

É verdade que sempre existe o risco da perda de dados num RAID, assim como acontece com qualquer dispositivo de armazenamento. Porém, é possível mitigar esses riscos, e as seguintes dicas ajudam bastante:

1. Faça backups constantes e teste-os.

Embora algumas configurações de RAID sejam voltadas a prevenir que os dados sejam perdidos, como RAID 5 e RAID 6, ainda é importante ter algum sistema de backup, seja ele na nuvem ou através de um dispositivo convencional de armazenamento de dados.

Além disso, teste regularmente os backups para comprovar que está tudo certo.

2. Escolha a configuração e o hardware ideal para o seu RAID.

Falhas de hardware e software são muito comuns nos RAIDs. Por isso, escolher a configuração e a controladora ideal ajuda a evitar vários riscos.

Para isso, verifique a lista que montamos nessa página com as configurações de RAID e escolha a melhor para o que precisa, além de sempre contar com boas controladoras para o sistema, sejam elas via hardware ou software.

3. Proteja-se contra vírus e malwares.

Embora sejam sistemas diferentes, os RAIDs também podem sofrer com isso.

Ao investir num bom sistema de proteção contra vírus e malwares, você reduz significativamente um dos maiores motivos de perda de dados em RAID.

4. Mantenha os drivers, softwares e sistema operacional sempre atualizados.

Além de escolher os melhores softwares, também é importante que eles estejam atualizados, o que ajuda a eliminar eventuais bugs e melhorar o desempenho do sistema.

5. Use uma fonte de alimentação ininterrupta.

Também chamada de no-break, esses equipamentos mantêm os dispositivos ligados em funcionamento por algum tempo mesmo que haja interrupção no fornecimento de energia elétrica.

Como este é um problema que pode causar a perda de dados, o investimento vale a pena.

Quanto custa recuperar dados de RAID?

É difícil responder a esta pergunta, pois tudo dependerá da complexidade do problema. A questão não é nem o volume de dados do RAID, mas sim quanto trabalho terá que ser aplicado para tentar recuperar esses dados.

Para chegar a um orçamento preciso, é necessário avaliar a estrutura eletrónica e mecânica dos discos ou SSDs usados para, assim, verificar a possibilidade de recuperar os dados.

Para lhe ajudar a ter uma ideia, os serviços para recuperar dados RAID costumam ser partir de 100 €, mas só é possível chegar ao valor final mediante uma análise completa dos dispositivos.

Para uma recuperação de dados RAID segura, rápida, eficiente e com um excelente custo-benefício, conte com a Bot e retome o acesso aos seus dados tão valiosos e, além disso, à sua tranquilidade!

Para chegar a um orçamento preciso, é necessário avaliar a estrutura eletrónica e mecânica dos discos usados no RAID.

Recuperação de dados RAID em apenas 4 etapas:

1

Recolha gratuita na sua morada ou entrega na receção

2

Orçamento gratuito (48h), prioridade (24h) ou urgência (12h)

3

Recuperação dos dados normal ou em urgência

4

Entrega gratuita dos dados recuperados

Simples

Porquê escolher-nos?

Recuperação de dados

Prazos dinâmicos

Orçamentos em três modalidades: normal (48h), prioridade (24h) ou urgência (12h). Recuperação com equipa de urgência 24/7/365.

Recuperação de dados envio gratuito

recolha gratuita

Recolha gratuita do seu dispositivo por frete expresso, para análise, em qualquer morada de Portugal! Solicite agora!

Orçamento Recuperação de dados

orçamento gratuito

Orçamento e análise gratuitos mesmo em casos de dispositivos abertos ou avaliados por outras empresas.

recuperação de dados portugal

empresa nacional

Serviços realizados em Portugal e em laboratórios próprios. Não enviamos dispositivos para parceiros ou para o estrangeiro.

recuperação de dados segura

privacidade e segurança

Adequação à RGPD e serviços que seguem os parâmetros de qualidade, privacidade e segurança estabelecidos em todo o mundo.

recuperação de dados 5 estrelas

excelente reputação

99% dos clientes satisfeitos com o resultado. 4.9 em 5 é a média das avaliações recebidas de clientes Bot nas redes sociais.
11

Recuperando dados em casos complexos há mais de 11 anos

Casos resolvidos

%

Clientes satisfeitos com o resultado

%

Sucesso nos casos recebidos

Clientes Bot recuperação de dados

Sala Limpa Bot

A Bot trabalha com o conceito máximo de sala limpa (clean room). Aqui, o seu dispositivo é examinado num ambiente fechado, com controle rigoroso de partículas certificado pela norma US Federal Standards 209.
Sala Limpa Bot recuperação de Dados

Recupere dados connosco!

A Bot pode ajudar a recuperar os dados de qualquer um dos seus dispositivos. Desde as maiores empresas ou até mesmo um utilizador caseiro que possa ter perdido os seus dados. Confie nos nossos especialistas.

Confie